5 Dicas para preparar seus alunos para a Redação do ENEM

O ENEM será uma das provas mais importantes que seus alunos farão em toda sua vida acadêmica e a redação pesa muito na nota final, podendo aumentar ou diminuir consideravelmente as chances de ingresso em uma boa universidade.

Neste exame, é esperado que eles possuam pensamento crítico, habilidade argumentativa e discursiva, capacidade de relacionar os temas com as áreas do conhecimento e com acontecimentos recentes, isso tudo sem se esquecer da boa gramática, sintaxe e coerência. As exigências são muitas e não é de surpreender que apenas a ideia de escrever o texto cause ansiedade em muitos adolescentes.
A função da escola, nesse momento, não é apenas ensinar a técnica, mas também incentivar o aluno a desenvolver gosto pela leitura e escrita por si próprio. Listamos abaixo alguns métodos que podem ser usados para preparar os estudantes para encarar a redação do ENEM com mais facilidade e desenvoltura. Boa leitura!

1. Explore exemplos de boas redações

Busque por redações que obtiveram nota máxima nos exames passados e leve-as para a sala de aula. Discuta com os alunos quais são os aspectos que tornam o texto tão efetivo e digno de nota máxima no exame — por exemplo, a forma como o autor criou sua introdução, enunciou seus argumentos e fechou a conclusão.
Vendo exemplos e observando boas estratégias utilizadas por outras pessoas, os alunos podem descobrir maneiras de melhorar suas próprias redações. É muito importante mostrar bons exemplos de textos, mesmo que não sejam de candidatos de exames anteriores. Além disso, eles podem perceber que existem diversas maneiras de abordar um tópico e que não é preciso (ou inteligente) ficar preso aos clichês para produzir uma boa redação.

2. Ensine que a organização é a chave

Muitos alunos se sentem perdidos na hora de começar a escrever, pois não sabem como organizar suas ideias. Isso acaba contribuindo para que criem textos confusos e contraditórios, que perdem muitos pontos na avaliação do ENEM. Para diminuir esses impactos, reforce a importância de um rascunho e mostre a utilidade da prática do brainstorming.
Considerando que os alunos tem um tempo curto para elaborar a redação do ENEM, sugira que eles elaborem uma estrutura para o texto em um rascunho mental (ou em algum rascunho da prova), tendo em mente os argumentos que serão utilizados na redação. Isso ajuda na visualização do processo, na disposição de pensamentos rapidamente no papel e evita que ele se perca durante a elaboração do texto.

3. Mostre a importância de argumentos bem definidos

A argumentação é um dos principais desafios dos candidatos do ENEM e a construção de argumentos sólidos que fundamentam as ideias do texto é essencial para torna-lo relevante. Para enriquecer essas argumentações, é importante que os estudantes busquem todas as informações que possuem sobre o tema da redação e filtrem aquelas que podem contribuir para o aperfeiçoamento do texto.
O professor pode guia-los na construção de uma boa argumentação por meio de perguntas como:
“Qual é o seu ponto de vista sobre o tema da redação?”
“Que tipo de argumentos você vai utilizar?”
“Quais soluções consegue oferecer para o problema?”
“Você se lembra de notícias ou acontecimentos relacionados ao tema? Eles podem ser utilizados para fundamentar seu ponto de vista?”
Nesse momento, a construção de uma grande bagagem cultural se torna um interessante diferencial dos alunos. Aqueles que tem o hábito de ler muitos livros, reportagens e que buscam informações sobre diversos assuntos além das matérias escolares possuem mais conhecimento para embasar suas ideias na construção da redação do ENEM.
Essas incentivos devem ser utilizados para encorajar os estudantes a desenvolverem suas linhas de raciocínio sem apoiarem-se no senso comum, deixando suas redações mais interessantes.

4. Proponha exercícios para praticar a escrita

A máxima “a prática leva à perfeição” se aplica aqui. Ao invés de aplicar exercícios extensos e complexos, opte por tarefas menores, porém mais constantes. Valorize atividades que ajudem o treinamento das competências exigidas na redação do ENEM, como a argumentação e proposição de soluções. (Para ver mais sobre as habilidades exigidas na redação do exame veja esse post.)
Comece com tarefas fáceis e vá gradualmente aumentando a dificuldade. Peça, por exemplo, que seus alunos listem os argumentos principais de um texto. Depois, que os critiquem e ofereçam contra-argumentos, fundamentando-os sempre em dados e informações reais. Finalmente, peça que escrevam um texto sobre a validade do artigo base, oferecendo um ponto de vista contrário. Além disso, é muito importante expor problemas da sociedade e aplicar exercícios de proposição de soluções para eles.
Com o tempo, os estudantes estarão familiarizados com cada aspecto de uma redação e saberão navegar por diferentes propostas sem maiores problemas.

5. Ofereça feedback de qualidade

Esteja sempre disposto a ajudar os alunos a melhorarem suas práticas, mas não ofereça as respostas prontas. Embora seja tentador apontar e corrigir todos os erros de gramática, sintaxe e argumentação de um texto, isso não é uma experiência muito enriquecedora para o aluno. Dê-lhes a tarefa de identificar seus próprios erros, oferecendo o apoio necessário durante o processo.
Seja conciso em seus apontamentos para evitar que os alunos corrijam seus textos superficialmente. Você pode criar um sistema de pontuação e avaliar o aluno em cada aspecto relevante de seu texto, como gramática, coerência, adequação ao tema, etc. Inspire-se na avalição de competências do ENEM!
E lembre-se: Você não estará lá no momento da redação do ENEM, por isso é necessário que os alunos saibam planejar e construir um texto concisoavaliar com objetividade seu próprio trabalho e fazer os ajustes devidos com rapidez. Para ler mais sobre as maiores dificuldades dos candidatos na Redação do ENEM, acesse esse post.
Essas estratégias, aliadas à paciência e à resiliência por parte dos professores e alunos contribuirão para prepara-los de forma cada vez mais especializada para a temida redação do Exame Nacional do Ensino Médio. Além disso, uma boa escrita e a capacidade de construir bons textos é essencial para o futuro profissional e pessoal dos jovens, ultrapassando os benefícios do ingresso no Ensino Superior e preparando o aluno para a vida.
Tem alguma outra dica que funciona em sua escola? Deixe um comentário e participe da conversa!
Para receber outros artigos gratuitamente em seu e-mail, assine nossa newsletter.

Acesse gratuitamente o Livro Digital: O Perfil do Aluno Brasileiro no ENEM

Assista gratuitamente a videoaula: Como a TRI Impacta na Nota do ENEM

Comentários

comentários